Mobilidade urbana conquista avanços em seis meses, diz prefeito

Fotografada por Divulgação

RESENDE

Hoje o balanço de seis meses do governo de Resende é na área de mobilidade urbana. O prefeito Diogo Balieiro Diniz (PSD) lembra que iniciou o governo com obras abandonadas há mais de um ano, ruas e avenidas intransitáveis, convênios interrompidos, equipamentos sem manutenção e um sistema de transporte coletivo com muitas deficiências e sem qualquer controle por parte da administração pública.

O transporte coletivo tem sido uma das grandes ações do governo. Segundo o prefeito, é necessário oferecer um sistema de qualidade, com tarifas justas e respeito ao usuário. Uma das medidas mais importantes foi a redução da tarifa dos ônibus que passou de R$ 3,80 para R$ 3,60, por conta do Decreto 9.953/2017, assinado no dia 10 de abril.

No mês de maio a prefeitura editou mais um decreto, o 10.082/2017, que tornou mais rigorosa a fiscalização sobre os serviços oferecidos pela empresa São Miguel. O número de itens fiscalizados passou de 28 para 119 e, desde então, a prefeitura está realizando blitzes semanais para verificar a regularidade dos serviços, o cumprimento dos horários e condições dos veículos, dentre outro pontos. Já foram registradas mais de 100 infrações cometidas pela empresa.

Além disso, a São Miguel já sofreu duas derrotas na Justiça. A primeira pediu o retorno da tarifa anterior e a segunda a suspensão do cronograma de fiscalização e multas aplicadas.

TAPA-BURACOS E MUTIRÕES

Ainda no mês de janeiro, a prefeitura, sob nova administração, iniciou uma grande operação tapa-buracos que já em quase 50 quilômetros de ruas e avenidas de mais de 15 bairros. Foram ainda desobstruídos 1,8 mil bueiros e suas respectivas redes de águas pluviais. “Assumimos a prefeitura num período de chuvas e o estado de conservação das ruas, que já estava muito ruim, piorou ainda mais. Por isso, não medimos esforços para realizar a operação tapa-buracos em caráter emergencial, pois tínhamos consciência de que era uma prioridade para a população. Além disso, precisávamos investir na recuperação das ruas para poder cobrar da empresa São Miguel um serviço de melhor qualidade para a população e foi isso que fizemos, tão logo o tapa-buraco começou”, explicou o prefeito Diogo Balieiro, informando que inicia na próxima semana a segunda etapa da opereração na cidade.

Mutirões também foram organizados desde o início da administração municipal para recuperação e revitalização de equipamentos urbanos, como escolas, praças e áreas de lazer, e também em pontos de grande movimentação de pedestres. Os trabalhos, que incluem serviços de pintura, troca da iluminação e jardinagem, ganharam o apoio da população, que também aderiu aos mutirões de limpeza realizados nos bairros.

Ações em estradas rurais também foram realizadas nesse período pela Prefeitura de Resende. Foram feitas manutenções, apoio às campanhas de vacinação e ao torneio leiteiro, incentivo à diversificação da produção e criação do Programa Produz Leite, além de encontros e reuniões com os órgãos competentes visando melhorar o fornecimento de energia elétrica e internet para as propriedades rurais.

Fonte: https://goo.gl/WKthC8

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *